Quando a busca por artistas na Internet se tornou um risco

Relatório da McAfee listou as celebridades cujos nomes têm grandes chances de infecção

 Dos sites relacionados ao nome de Avril Lavigne, 14,5% são maliciosos

Dos sites relacionados ao nome de Avril Lavigne, 14,5% são maliciosos

O mais recente relatório produzido pela McAfee, apontou a cantora canadense Avril Lavigne como a celebridade que mais possui sites maliciosos associados a seu nome. Das páginas que aparecem nos buscadores, 14,5% são falsas. O segundo lugar ficou para Bruno Mars (13,4%), mas na lista também aparecem: Beyoncé (12.09%), Justin Bieber (12.33%) e Katy Perry (12.25%).

A pesquisa “Most Dangerous Celebrities” é realizada anualmente pela empresa como forma de fomentar a cultura de hábitos anti-malware. Os malware relacionados aos nomes dos artistas aparecem na forma de links para downloads gratuitos de músicas e filmes, ou sites de fofoca.

Os ataques se aproveitam das paixões de fãs para capitalizar sua imagem e promover golpes massivos através de resultados de pesquisas com seus nomes no Google, Bing e Yahoo.

 

Confira a lista dos 10 artistas "mais perigosos":

  1. Avril Lavigne - 14,5%

  2. Bruno Mars - 13,4%

  3. Carly Rae Jepsen - 13,2%

  4. Zayn Malik - 13,1%

  5. Celine Dion - 13%

  6. Calvin Harris - 12,5%

  7. Justin Bieber - 12,3%

  8. Diddy - 12,3%

  9. Katy Perry - 12,2%

  10. Beyonce - 12,1%

 

Vida longa

O que muitos se perguntam é: por quê Avril Lavigne está em primeiro lugar na lista de maior ameaça?

Uma das respostas possíveis é o alto índice de buscas por temas relacionados à teoria da conspiração que virou febre na internet e resiste como um dos grandes memes dessa geração: Avril Lavigne nunca envelhece.

Por aparentar, ano a ano, ter a mesma silhueta, rosto e corpo de quando era mais jovem, criou-se um mito mundial sobre uma suposta imortalidade da cantora. As versões divergem em alguns cantos do mundo, passando por substituições por alienígenas, clones e fontes da juventude, mas o fato é que o nome dela é amplamente pesquisado e os cibercriminosos notaram tal tendência.

Outra possibilidade é o fato de que a cantora irá lançar um álbum ainda neste ano. A notícia causou furor entre fãs e entusiastas, uma vez que seu último trabalho foi em 2013.

 

Mas o que fica disso?

Você pode até não ser fã de nenhum dos artistas listados na pesquisa, mas a prova disso é que as pessoas ainda não possuem cuidados ao realizarem suas pesquisas na Internet. Acessam páginas suspeitas, na ânsia de descobrir novidades sobre as celebridades ou ainda para realizar a boa e velha pirataria. Mas, principalmente, falta o conhecimento sobre como pode ser arriscado não se atentar à legitimidade dos sites.

 

Fonte: McAfee, Daily Mail